Comentário do filme “A Corrente do Bem”

Fabiana Pardini Blanco

É um ótimo drama que no decorrer do filme desperta um grande interesse, acredito que uma boa parte das pessoas que o assistirem irá se sensibilizar e algo de bom ficará marcado em suas vidas. Primeiramente, nos faz pensar em algumas ideias quanto ao que poderia ser feito, e qual seria o nosso projeto para mudar o mundo, nos focalizando na ideia da contribuição, busca de novas ideias para ajudar o próximo e nos colocando no lugar de um dos alunos.

Ao trazer a proposta para escola, em algum momento o professor sabia que iria deparar-se com um estudante que resolvesse assumir os riscos e realmente realizar tal trabalho, mas mesmo assim o menino fez com que o professor aprendesse e se surpreendesse.

Um fato que me despertou interesse foi a de um jovem aluno levar um trabalho tão a sério, a ponto de colocá-lo em prática, e sem imaginar, a corrente funciona, despertando o interesse e a curiosidade de um repórter de Los Angeles, fazendo com ele seguisse todos os rastros até encontrar Trevor.

O filme retrata o amor entre o próximo e a si mesmo, pois através do bem somos capazes de mudar uma sociedade, simplesmente recebendo e compartilhando o bem, e que não adianta reclamar e exigir mudanças, pois a mudança só depende de cada um de nós.

Aborda também, a importância da relação do professor e aluno, mãe e filho, bem como valores pessoais para a construção de um mundo melhor. Mostra-nos algumas realidades enfrentadas no mundo todo, como: o alcoolismo, e o que esse “vício” causa na vida de pessoas próximas, a violência nas escolas e dentro de casa, o vicio pelas drogas e até mesmo a dificuldade de manter uma vida instável, tendo necessidade de ter dois empregos.

Faz-nos pensar a respeito de como nossas atitudes interferem na nossa vida e na de outras pessoas, como podemos realizar algo de grande com uma simples iniciativa, e a repensar sobre nossas atitudes e valores, mostrando que podemos mudar nosso comportamento e fazer a diferença. Assim se cada um fizesse sua parte, talvez o mundo hoje não estivesse tão violento e que podemos fazer o bem sem e passando para frente.

Voltar >

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s