Importância da Imprensa Alternativa no Regime Militar

Fabiana Pardini Blanco

Em consequência do regime militar implantado no Brasil entre 1964 e 1985, a grande imprensa passou a ser manipulada através da censura, sendo utilizada para a propaganda governamental. Então com o descontentamento de jornalistas, intelectuais e políticos oposicionistas, foi criada a imprensa alternativa, que se caracterizou pela oposição ao regime, ao modelo econômico, à violação dos direitos humanos e à censura política, econômica e moral.

Seus periódicos eram feitos por colaboradores, possuíam formato pequeno (tabloide), pouca tiragem (com exceção de O Pasquim) e pouca duração, devido à pequena quantidade de dinheiro. Lutavam por mudanças estruturais e comentavam acontecimentos socioeconômicos e políticos. Entre os temas noticiados estavam os abusos de tortura e a violação dos direitos humanos.

Alguns principais jornais foram: Movimento, Opinião e Em Tempo. O Pasquim foi o que durou mais, de 1969 a 1988, sofrendo forte censura militar até meados da década de 70. Era um jornal humorístico e semanal que chegou a atingir 200 mil exemplares, criou neologismos e publicava na íntegra suas entrevistas. Além disso, entre seus colaboradores esteve Paulo Francês (New York) e Ivan Lessa (Londres).

Nesse período de forte controle dos meios de comunicação de massa, onde havia ameaças, assassinatos, proibição de informações e fechamento de jornais, esses pequenos jornais se multiplicaram e atuaram com grande intensidade fazendo-se essenciais. Tornaram-se instrumentos de contestação e de espaço público para manifestação de pessoas descontentes com a situação vigente, deu forças para desestruturação da ditadura e permitiu perspectivas de mudanças que iriam se realizar.

A imprensa alternativa era a única forma de fazer a sociedade tomar conhecimento do que estava acontecendo no Brasil, expressar opinião e divulgar as ideias presentes, lutando pela democracia e pela liberdade de expressão.

Voltar >

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s